Notícias » Região

 

Últimas notícias

  • Diretor da Estiva é eleito Empresário do Ano

    Continuar lendo
  • Vaca solta em rodovia provoca acidente em Novo Horizonte

    Continuar lendo
  • Homem é detido pela PM no JD Canaã, acusado de tráfico de drogas

    Continuar lendo
  • Lista de alunos e professor de Novo Horizonte e região premiados com intercâmbio para Valência é anunciada

    Continuar lendo
  • Novorizontinos participam do Campeonato Brasileiro de Powerlifiting

    Continuar lendo
  • Doenças Cardiovasculares causam em média 800 mil mortes por ano no Brasil

    Continuar lendo
  • Grupo Pacaembu fará entrega antecipada das Casas do Módulo II do Residencial Jardim das Oliveiras

    Continuar lendo
  • Incêndio destrói canavial e área de pastagem em Novo Horizonte

    Continuar lendo
  • Peça de 14 toneladas se desprende de caminhão

    Continuar lendo
  • O projeto Circuito do Balaco estará na cidade de Novo Horizonte

    Continuar lendo

Polícia Civil de Catanduva divulga retrato de estuprador que está rondando a região

 

A Polícia Civil de Catanduva divulgou, na tarde desta Quinta-feira, 2, o retrato falado de um estuprador que já fez duas vítimas na cidade apenas na semana passada. 
De acordo com descrição das mulheres atacadas, o homem é moreno, estatura mediana, cabelos raspados e idade entre 34 a 40 anos. Ele age em um VW/Gol, modelo “bolinha” de cor prata. 
Com apenas um dia de diferença, os ataques aconteceram sob as mesmas circunstâncias contra as duas vítimas. O autor abordou as mulheres na área central da cidade, no final da tarde. Parou para pedir informações e as rendeu ao mostrar um revólver. Elas foram obrigadas a entrar no carro e foram levadas a um canavial, onde foram estupradas. Após a violência, ele as largava na entrada de Catanduva. 
Até o momento, dois casos foram registrados. Os crimes aconteceram na quarta, 25, e quinta-feira, 26, contra duas mulheres com idades de 24 e 34 anos. De acordo com a polícia, nos casos de violência sexual cerca de 60% das vítimas não registram queixas e isso impede a procura dos criminosos.

 

© AMIZADE FM
BRLOGIC